ONU procura médicos para serem voluntários na Guiné-Bissau

Ouvir /

Informação foi dada pela representante do Programa de Voluntários das Nações Unidas; são necessários pediatras e ginecologistas que falem português e também sejam fluentes em inglês ou francês.

Voluntário da OMS no Haiti. Foto: ONU/Sophia Paris

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Segundo a assistente de Recrutamento Internacional do Programa de Voluntários das Nações Unidas, a organização está a procurar médicos para serem voluntários na Guiné-Bissau.

Os profissionais devem estar disponíveis a dedicar parte de seu tempo durante um ou dois anos. Em entrevista à Rádio ONU, da cidade alemã de Bona, Irina Daudt Rodrigues mencionou outros requisitos.

Idiomas

“Nós estamos recrutando pediatras e ginecologistas para servir em Guiné-Bissau, que não é um país que está a ser afetado pelo ébola neste momento. Obviamente que sejam fluentes em inglês ou francês e que tenham no mínimo dois anos de experiência clínica na área.”

A representante apelou ao registo de interessados dos países de língua portuguesa e explicou que existem outras oportunidades de voluntariado junto às Nações Unidas.

Registo

"Sempre estamos procurando profissionais da área de desenvolvimento social que sejam fluentes em língua portuguesa. Então se você tem algum conhecimento do idioma realmente seria muito bom que você se registasse na nossa base de dados para a gente poder avaliar o seu perfil e ver se temos alguma oportunidade de voluntariado em países de língua portuguesa seja na África, Brasil ou até mesmo em Timor-Leste."

Todos os detalhes sobre o Programa de Voluntários das Nações Unidas e como se registar na base de dados estão disponíveis na internet: www.unv.org

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031