Nações Unidas lançam a Década Internacional dos Afrodescendentes

Ouvir /

Celebrações vão de janeiro de 2015 a dezembro de 2024, mas arranque oficial é esta quarta-feira, no Dia dos Direitos Humanos; campanha deste ano tem o tema "Direitos Humanos 365" a celebrar propostas da Declaração Universal.

Foto: Logan Abassi/Minustah

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O mundo celebra este 10 de dezembro o Dia dos Direitos Humanos, que este ano reforça as propostas da Declaração Universal. Com o tema "Direitos Humanos 365", a data lembra que cada pessoa deve ter os seus direitos humanos respeitados todos os dias, num conjunto de valores que une a comunidade global.

A mensagem do secretário-geral das Nações Unidas reforça a necessidade de se denunciar autoridades que negam os direitos de qualquer pessoa ou grupo. Ban Ki-moon lembra que no dia mundial, é preciso declarar que os direitos humanos são de todos, sem importar classe social, opiniões ou orientação sexual.

Contra o Racismo

Ban destaca que violações dos direitos humanos são mais que "tragédias pessoais", uma vez que podem alertar sobre crises muito maiores. Segundo o seu porta-voz, a celebração deste ano marca ainda uma outra ocasião importante: o arranque da Década Internacional dos Afrodescendentes.

Apesar da abertura oficial ser feita esta quarta-feira, a década será celebrada a partir de 1 de janeiro de 2015 até 31 de dezembro de 2024, após uma decisão da Assembleia Geral.

A década terá como temas centrais o reconhecimento, a justiça e o desenvolvimento dos afrodescentes. O objetivo é combater o racismo, a xenofobia e a intolerência sofridos por "milhões de indivíduos".

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031