Músicos ajudaram a enfrentar o medo do ébola chegar a Angola, diz C4 Pedro

Ouvir /

Embaixador da Boa Vontade do Onusida defende ter havido ajuda psicológica que complementou a ação das autoridades; país mencionou 11 províncias onde poderia surgir um surto devido ao fluxo fronteiriço.

Foto: Unaids

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O embaixador da Boa Vontade do Programa Conjunto da ONU sobre o HIV/Sida, o cantor angolano C4 Pedro, falou sobre o risco do ébola e da atuação de músicos nas áreas que foram mais ameaçadas pelo surto no país.

As declarações foram feitas à Rádio ONU, de Luanda. Angola fez parte da lista de nações com risco de infeção ”moderado a elevado”, após a confirmação de casos do surto na África Ocidental.

Receio

“Foi muito complicado, principalmente para muitos músicos de sucesso. Vou falar agora de uma outra vertente, além das que todo o mundo já conhece. Chegou uma fase em que os músicos nem sequer queriam cantar nas zonas de maior risco. Nós sabíamos disso e muitas populações das várias províncias estavam tristes porque sabiam que para atuar em festas dessas cidades havia muito receio. ”

Mas C4 Pedro disse que os músicos acabaram por ter um papel complementar às atividades das autoridades de saúde para controlar a entrada de casos. O país não registou nenhum paciente.

Medidas de Segurança

“Nós como tínhamos agendado espetáculos na zona norte do país não fomos lá cantar. Mas quando acabamos indo, demos força e aproveitamos dizer que estávamos todos juntos. Conseguimos reduzir um pouco aquele  medo. A gente de lá passou a respeitar, estavam também os agentes de saúde que diziam que podia ser feito isto e aquilo. Respeitamos as medidas de segurança, mas a nossa grande força vem da nossa música. Trazer música acabou por apoiar a muitos, nem que fosse pela ajuda psicológica que conseguimos levar para muita gente.”

Durante o ano, as autoridades angolanas identificaram 11 províncias onde poderia surgir um surto pelo maior fluxo fronteiriço com os países vizinhos.

Entretanto, para impulsionar a prevenção de HIV/Sida no país em 2015, a ideia de C4 Pedro é organizar concertos para angariar fundos de apoio às autoridades.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031