Língua portuguesa confere influência política, diz embaixador de Portugal

Ouvir /

Em entrevista à Rádio ONU, Álvaro Mendonça e Moura contou que países lusófonos mostraram-se unidos no apoio a uma candidata timorense ao cargo de juíza da Corte Internacional de Justiça; eleição foi realizada esta semana na Assembleia Geral.

Imagem: Cplp

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Os países de língua portuguesa estão cada vez mais unidos em seus trabalhos de cooperação nas Nações Unidas. A afirmação é do embaixador de Portugal junto à organização, Álvaro Mendonça e Moura.

Em sua entrevista de balanço final do ano de 2014 à Rádio ONU, Mendonça e Moura citou como exemplo o caso de uma juíza do Timor-Leste, candidata ao posto de magistrada no Tribunal Penal Internacional. Segundo ele, a língua em comum foi um elemento importante no apoio dos países lusófonos à jurista Maria Natércia Gusmão Pereira, mas ela acabou por perder a eleição na reta final.

Outros domínios

"Esta proximidade entre países de língua portuguesa se tem vindo a estender a outros domínios. Só para lhe dar um exemplo atual: nas eleições dos juízes para o Tribunal Internacional, nós podemos constatar que tendo aparecido uma candidata de Timor-Leste que foi até a última rodada da votação, a verdade é que até ao final os lusófonos que estavam na votação se mantiveram fiéis ao apoio ao Timor-Leste."

Segundo Álvaro Mendonça e Moura, a cooperação com os países de língua portuguesa nas Nações Unidas se dá em várias dimensões e considerando as particularidades de cada região.

Falada por oito países, o português está presente em todos os continentes. Mas para o chefe da Missão de Portugal em Nova Iorque, é preciso ir além das nações lusófonas para alcançar outras regiões do mundo, onde a língua é falada por diásporas.

Passos importantes

"É muito bom estarmos entre nós, mas não chega. Temos que conseguir abrir-nos aos outros. Fazer perceber aos outros a importância do português. E eu julgo que este ano se deram passos importantes neste sentido, como se viu no Dia da Língua Portuguesa pela participação que houve de vários outros países nestas celebrações."

A estratégia de promoção da língua portuguesa em organizações internacionais foi aprovada em 2008 pelos integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp. Uma das ações de promoção foi a comemoração do Dia da Língua Portuguesa, em cinco de maio, nas Nações Unidas. Pela terceira vez consecutiva, o bloco lusófono realiza um evento cultural. Em 2014, foi a vez de celebrar os 40 anos da independência da Guiné-Bissau com artistas do país africano.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031