Conselho de Segurança: progressos na Libéria são minados pelo surto de ébola

Ouvir /

Órgão reuniu-se para tratar da reconstrução do país no período pós-conflito; membros do Conselho estão preocupados com presença de grupos armados na fronteira com a Cote d'Ivoire.

Foto: ONU/Loey Felipe

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança reuniu-se na segunda-feira, em Nova Iorque, para avaliar as sanções impostas a Libéria. Após o encontro a portas fechadas, o presidente do órgão durante o mês de dezembro fez declarações na sede da ONU.

O embaixador do Chade junto às Nações Unidas, Cherif Mahamat Zene, explicou que o Conselho de Segurança nota que os progressos feitos na Libéria durante a reconstrução pós-conflito estão a ser prejudicados pelo surto de ébola.

Violência

Segundo o embaixador, os membros do Conselho expressaram preocupação com as atividades de grupos armados na fronteira com a Cote d'Ivoire, país também conhecido como Costa do Marfim.

O vírus ébola já matou mais de 6,1 mil pessoas dentre mais de 17,5 mil casos registados em vários países, sendo Libéria, Guiné Conacri e Serra Leoa os mais afetados.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031