ONU pede consenso após informações de invalidação do Parlamento na Líbia

Ouvir /

Agências de notícias informaram que Tribunal Supremo declarou a decisão esta quinta-feira; missão da organização desencoraja ações que possam agravar a polarização no país.

Foto: ONU/Iason Foounten

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas na Líbia, Unsmil, emitiu uma nota na sequência das informações de agências de notícias dando contra da invalidação do Parlamento do país que é reconhecido a nível internacional.

De acordo com os relatos, a declaração do veredicto pelo Tribunal Supremo esta quinta-feira seguiu-se a uma ação legal movida por um grupo de políticos.  A Unsmil disse que tomou conhecimento e que vai "estudar a decisão de perto", além de consultar parceiros políticos e internacionais.

Parlamento Alternativo

As agências noticiosas informaram ainda que milícias que criaram uma casa legislativa alternativa na capital, Trípoli,celebraram o facto de o tribunal ter considerado o Parlamento inconstitucional.

Mais de 300 mil pessoas já deixaram as suas casas devido ao que as Nações Unidas chamam de "violência sem precedentes entre grupos armados rivais" registada nos últimos meses na Líbia.

Interesse Nacional

A Unsmil exortou a todas as partes a "colocar o interesse nacional acima de todas as outras considerações".

Ao reiterar o seu compromisso com a soberania, independência e integridade territorial, a ONU ressalta a necessidade de que todos possam agir com responsabilidade. A missão desencoraja qualquer ação que possa "agravar a polarização existente ou resultar numa maior deterioração da situação de segurança".

A operação de paz disse que continua empenhada em trabalhar com todas as partes para ajudar a Líbia a superar a atual crise política e de segurança.

Consenso

A Unsmil enfatiza a necessidade urgente de todas as partes alcançarem um consenso sobre os arranjos políticos para a transição.

O representante especial do secretário-geral, Bernardino León, deve manter contactos com as principais partes interessadas sobre o caminho a seguir.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031