OMS e Unicef apoiam ações sobre higiene e saneamento em Moçambique

Ouvir /

Apoio das agências será dado às celebrações do Dia Mundial da Lavagem das Mãos e o Dia Mundial da Latrina; autoridades querem potenciar medidas simples para prevenção de doenças que incluem o ébola.

Foto: Banco Mundial/Dominic Sansoni

Ouri Pota, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, anunciaram a colaboração com o governo de Moçambique em iniciativas para melhorar a higiene e o saneamento.

Várias atividades estão agendadas para marcar o Dia Mundial de Lavagem das Mãos, a 15 de outubro, e o Dia Mundial da Latrina a 19 de novembro.

Limpeza 

O destaque vai para palestras sobre lavagem correta das mãos nas escolas, Unidades Sanitárias, comunidades para além de jornadas de limpeza, promoção de construção e uso adequado de latrinas.

Uma nota conjunta das três entidades indica que a situação da lavagem das mãos no país ainda é preocupante. O reflexo é a ocorrência de doenças relacionadas com a falta de higiene das mãos e de saneamento do meio, nomeadamente a diarreia, cólera e conjuntivite.

Ébola 

Para o Ministro da Saúde, Alexandre Manguele, a lavagem das mãos com água limpa e sabão ou cinza é uma das mais baratas e mais eficazes medidas para prevenir doenças que incluem a gripe sazonal, a gripe comum e até o ébola.

Dados do Inquérito Nacional sobre Causas de Mortalidade em Moçambique, Incam 2007-2008, indica que as diarreias são a terceira causa de morte de crianças e a 4ª causa de mortalidade em todas as faixas etárias no país.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 17 DE OUTUBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 17 DE OUTUBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031