Moçambique: Unicef financia programa de água e saneamento em Inhambane

Ouvir /

Agência contribui para iniciativa Aguasani que envolve  €10 milhões; previsões apontam para cerca de 50 mil beneficiários nas vilas de Homoíne, Jangamo e Morrumbene.

Direito à água a ao saneamento no Quénia. Foto: Banco Mundial/Arne Hoel

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.

O Fundo da ONU para a Infância, Unicef, integra uma delegação que vai da cordenar ações e  entregar meios aos parceiros da província moçambicana de Inhambane.

Nas vilas de Homoíne, Jangamo e Morrumbene cerca de 50 mil pessoas devem beneficiar do programa de Água e Saneamento, Aguasani, que pretende fornecer água e serviços de saneamento a baixo custo.

Financiadores

A visita, que arranca esta segunda-feira, envolve representantes do governo e da União Europeia que também financiam a iniciativa de  €10 milhões.

Artigos como motos, mobiliário e equipamentos de informática  serão entregues à delegação do Plano de Investimentos em Abastecimento de Água e Saneamento da Administração de Infraestruturas de Águas e Saneamento, Aias.

Durante a reunião, os participantes vão discutir o progresso das atividades e identificar os constrangimentos e riscos para de implementação no próximo ano além de propor ações de mitigação.

Parceria

O Unicef presta assistência técnica, aprovisionamento e escolha de parceiros privados para o programa Aguasane que iniciou em fevereiro passado e segue até 2017. As missões conjuntas serão realizadas duas vezes por ano, a partir de março de 2015.

O governo participa com o Aias, o Conselho Regulador da Água, CRA, e a Direção Provincial das Obras Públicas e Habitação de Inhambane, Dpoph.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031