Entrevista: Marta Santos Pais

Ouvir /

Marta Santos Pais. Foto: ONU/Amanda Voisard

A ONU celebra esta quinta-feira, 20 de novembro, o 25º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança, adotada em 1989.

A representante especial do secretário-geral sobre Violência contra as Crianças, Marta Santos Pais falou à Rádio ONU sobre o que mudou nesse período.

Ela disse que "a prioridade dada nas políticas públicas, nas legislações, na participação da sociedade civil mudou radicalmente".

Santos Pais disse que a criança hoje não é mais vista como "um ser passivo dependente da ajuda dos adultos, do Estado e da sociedade, mas sim como um ator interveniente nos processos de mudança."

Para a representante especial da ONU, é possível acabar com os abusos e a violência cometidos contra as crianças, mas a comunidade internacional precisa "apressar o passo".

Marta Santos Pais disse que com a adoção da Convenção, os direitos das crianças ganharam mais visibilidade a nível internacional e dentro de cada país.

Segundo ela, a voz da criança passou a ser ouvida com mais seriedade, participando até mesmo de processos de redação de novas leis de proteção aos menores.

Mas apesar dos avanços alcançados até agora, ela afirmou que muito ainda precisa ser feito pelo bem das crianças.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior

Duração: 15'42"

Compartilhe

Parte 1 Ouvir / Parte 2 Ouvir / Parte 3 Ouvir /
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031