Diretor do Unodc apoia Afeganistão no combate ao tráfico de drogas

Ouvir /

Em visita ao país, Yury Fedotov encontrou-se com o presidente Ashraf Ghani e disse estar ao lado do governo para conter os efeitos nocivos das substâncias ilícitas e da corrupção.

Produção de ópio em um campo de papoula em Badakhshan, no Afeganistão. Foto: Irin/Manoocher Deghati

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O diretor do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, declarou que o tráfico de substâncias ilícitas tem um impacto "desastroso" no Afeganistão.

Yuri Fedotov visitou o país neste fim de semana e encontrou-se com o presidente recém-eleito Ashraf Ghani e com o chefe-executivo Abdullah Abdullah.

Usuários

Na reunião com a liderança afegã, o chefe do Unodc destacou que o país tem uma das maiores prevalências de uso de ópio e que muitos usuários de drogas injetáveis tem HIV ou hepatite.

Segundo o Unodc, mais de 1 milhão de afegãos são dependentes de drogas. O cultivo de papoula e a produção de ópio também tem crescido de maneira rápida no país nos últimos anos.

Reabilitação

Yuri Fedotov notou progressos, especialmente na capacidade das autoridades locais em conter o tráfico, a corrupção, a lavagem de dinheiro e o terrorismo. Outra melhora foi no fornecimento de tratamento e reabilitação de usuários.

Durante a visita ao país, o chefe do Unodc ressaltou que a agência da ONU vai continuar com seus programas sobre trâmites financeiros ilegais e continuar oferecendo apoio técnico ao governo.

Fedotov reconhece, no entando, que qualquer resultado positivo depende de ações regionais e internacionais, que estejam ligadas ao desenvolvimento econômico e social do Afeganistão.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031