Ban preocupado com escalada da violência na Líbia, pede fim de ataques

Ouvir /

Secretário-geral também está profundamente preocupado com violação das instalações das Nações Unidas em Trípoli, nesta segunda-feira; chefe da ONU permanece "convencido" de que o diálogo é a única forma de resolver a crise atual no país.

Destruição de edifícios na Líbia. Foto: Irin/Jorge Vitoria Rubio

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral está "profundamente"preocupado com a recente escalada da violência na Líbia, incluindo bombardeamentos em Trípoli e nas montanhas de Nafousa, no oeste, e na região de Benghazi no leste.

Ban Ki-moon pediu a todos os envolvidos que interrompam estes ataques. Ele lembrou-lhes da obrigação moral e legal de proteger os civis e obedecer às leis internacionais humanitárias e de direitos humanos.

Instalações da ONU

O chefe da ONU também expressou grave preocupação com a violação de instalações da ONU em Trípoli que ocorreu nesta segunda-feira. Ele afirmou que estas ações não podem ser toleradas e devem cessar imediatamente.

Ban permanece convencido de que o diálogo é a única forma de resolver a crise atual. Ele declarou ter "total confiança" no seu representante especial, Bernardino Leon, e o seu empenho para ajudar no diálogo entre os líbios, abordar os desafios que o país enfrenta e trazê-lo de volta a um processo político inclusivo.

O secretário-geral pede a todos os líbios que "renovem o seu compromisso com os objetivos da revolução e tomem as decisões corajosas e necessárias para poupar o seu país e povo de mais confronto e sofrimento".

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031