Aiea diz que uso limitado e seguro da energia nuclear pode ajudar clima

Ouvir /

Agência da ONU afirmou que iniciativa pode reduzir impacto sobre a demanda global de energia; relatório menciona ainda programas nucleares do Irã e da Coreia do Norte.

Yukiya Amano discursa em Viena. Foto: AIEA/Dean Calma

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, afirmou que o uso seguro e limitado da energia nuclear pode ajudar a reduzir o impacto que a demanda global de energia está tendo sobre o clima do planeta.

A afirmação foi feita pelo diretor-geral da agência da ONU, Yukiya Amano, esta quinta-feira, durante o lançamento do relatório sobre Mudança Climática e Energia Nuclear 2014, em Viena.

Demanda

Amano disse que a energia nuclear "foi obrigada a representar um papel maior nos programas de energia nacionais no mundo, no momento em que a demanda global de energia deve aumentar drasticamente nas próximas décadas".

Ele explicou que junto "com a energia hidrelétrica e a eólica, a energia nuclear tem os menores índices de emissão de dióxido de carbono, CO2.

O relatório da Aiea foi lançado pouco antes da próxima rodada de negociações sobre o clima, a COP 20, que vai acontecer entre 1º e 12 de dezembro, em Lima, no Peru.

Os países vão debater suas contribuições para reduzir as emissões de carbono antes da reunião final da ONU sobre o assunto marcada para o ano que vem, em Paris.

Coreia do Norte e Irã

Falando à diretoria-executiva da agência, Amano declarou que a Aiea continua "seriamente preocupada"com o programa nuclear da Coreia do Norte. Ele pediu às autoridades norte-coreanas que cumpram com suas obrigações e cooperem imediatamente com o órgão.

Em relação ao Irã, o diretor-geral afirmou que enquanto a agência continua verificando o material nuclear declarado pelo país, a Aiea "não está em posição de fornecer garantias reais sobre a ausência de atividades e materiais não declarados pelo governo iraniano".

Segundo ele, o Irã "não forneceu qualquer explicação que possa ajudar a agência a esclarecer algumas questões, nem propôs novas medidas para a próxima etapa do Quadro de Cooperação, apesar dos diversos pedidos da Aiea".

Amano citou também o caso do acidente da usina Fukushima Daichi, no Japão. Segundo ele, o relatório fala sobre a importância da adoção de medidas de segurança quando se utiliza energia nuclear.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031