Timor Leste e Guiné-Bissau entre países com mais alto risco de desastre natural

Ouvir /

Dados estão em relatório 2014 da Universidade das Nações Unidas em parceria com outras instituições; documento deste ano foca nas cidades como áreas de risco; São Paulo, maior cidade brasileira, é citada no relatório.

Foto: Reprodução relatório UNU

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Timor Leste e Guiné-Bissau são os países de língua portuguesa com mais alto risco de desastre, segundo o Relatório Mundial de Risco 2014, publicado pela Universidade das Nações Unidas em parceria com outras instituições.

Segundo o índice, o local maior risco é Vanuatu, no Pacífico Sul, seguido das Filipinas. Timor Leste está na 11ª colocação e Guiné-Bissau na 15ª. O Brasil ficou em 119º lugar na lista que inclui 171 países.

Cidades

A publicação considera a vulnerabilidade de um país e sua exposição a riscos naturais para determinar a colocação no ranking de nações no mundo com base em seu risco de desastres.

O foco do documento este ano foi em "cidades como áreas de risco". O documento afirma, no entanto, que independente de ser área urbana ou rural, o desenvolvimento ajuda a mitigar o risco de desastres.

Segundo a publicação, há 28 "megacidades", com mais de 10 milhões de habitantes, hoje no mundo. Entre as 13 maiores cidades, com mais de 15 milhões de pessoas, está São Paulo.

A cidade brasileira também aparece no relatório em menção ao programa "A chance to play – O direito de brincar" na favela Santa Madalena.

A inicitativa é do Comitê dos Trabalhadores da Volkswagen e da organização Terre des Hommes. De acordo com o documento, o programa se vê como contribuição para a implementação da Convenção da ONU sobre os Direitos da Criança.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031