Robôs assassinos geram preocupações em Comissão da Assembleia Geral

Ouvir /

Desenvolvimento de novas tecnologias de guerra, como armas autônomas, foi discutido na Comissão para Desarmamento e Segurança Internacional; Portugal pede implementação do Tratado de Armas.

Assembleia Geral da ONU. Foto: ONU/Cia Pak

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O desenvolvimento de novas tecnologias de guerra, incluindo armas autônomas ou "robôs assassinos" causou preocupação à Primeira Comissão da Assembleia Geral, sobre Desarmamento e Segurança.

Durante a sessão da terça-feira, na sede da ONU em Nova York, países de várias regiões chamaram a atenção para desafios de segurança na era digital. Sobre os "robôs assassinos" foi questionado se é aceitável permitir que máquinas tomem "decisões de vida ou morte".

Impactos

Para os embaixadores presentes à Primeira Comissão, ainda não está claro se as leis existentes são suficientes para tratar os impactos dessas novas tecnologias de guerra.

A representante da Argentina disse que manter níveis adequados de segurança no universo digital é essencial para o potencial completo das tecnologias de comunicação.

Contribuição

No encontro, o embaixador de Portugal defendeu a implementação "transparente e eficaz" do Tratado do Comércio de Armas.

Segundo Álvaro Mendonça e Moura, o acordo pode trazer uma grande contribuição para a segurança e a paz e ter um impacto humanitário em regiões em conflito e ameaçadas pelo extremismo. O tratado entra em vigor em 24 de dezembro deste ano.

Urgência 

O embaixador português afirmou que seu país defende as negociações para ampliar a Conferência sobre Desarmamento, que segundo ele continua num impasse.

Álvaro Mendonça e Moura pediu um compromisso conjunto e urgente para resolver a questão e gerar mais cooperação para melhorar os mecanismos internacionais do setor.

Além de Portugal, participam da sessão anual da Primeira Comissão representantes de vários países, como Afeganistão, Argentina, Armênia, El Salvador, Eritreia, República Democrática do Congo e Suécia. A Comissão da Assembleia Geral sobre Desarmamento e Segurança encerra os debates esta quarta-feira.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031