Moçambique marca Dia das Nações Unidas a refletir sobre avanços

Ouvir /

Celebrações dos 69 anos da organização incluem momentos culturais e feira expositiva; Instituto Superior de Relações Internacionais junta representantes da ONU, estudantes e docentes.

Prédio da ONU ilustardo para comemorar a Conferência do Clima. Foto: ONU/Mark Garten

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.

A participação de Moçambique no cenário global marca uma reflexão para assinalar o Dia das Nações Unidas, este 24 de outubro. O evento realiza-se no Instituto Superior de Relações Internacionais, Isri.

A ação de voluntários da organização, o contributo de entidades como o Banco Mundial no desenvolvimento além das oportunidades e desafios, devem ser debatidos pelos participantes.

Compromisso

Sobre a data, a Rádio ONU em Maputo com chefes de agências da organização sobre a ação nas suas áreas. Para a representante da ONU Mulheres a data serve para reafirmar o compromisso e parceria com Moçambique.

"Temos uma trajetória longa de parceria e compromisso junto a mulher moçambicana e ao governo para apoiar Moçambique neste sentido de alcance de mais igualdade entre mulheres e homens. Mas também de desenvolvimento, sabendo que participação das mulheres e raparigas traz benefícios para a comunidade, o pais e crescimento como um todo."

Prontidão

O representante do Fundo da ONU para a Infância, Unicef, Koenraad Vanormelingen, afirma que a efeméride serve para demonstrar a prontidão para cooperar em programas de apoio ao país.

"Realmente é uma maneira de mostrar que estamos a trabalhar juntos para Moçambique fazer progressos. O ponto principal é que, juntos, apoiamos diferentes países a atingir os objetivos para o desenvolvimento do milénio."

No debate a decorrer na instituição especializada no ensino da diplomacia, a  coordenadora residente das Nações Unidas em Moçambique aborda a próxima agenda de desenvolvimento global.

Jennifer Topping considera  2014 um ano " árduo para os princípios consagrados na Carta das Nações Unidas".

Momentos Culturais

A comemoração inclui painéis de reflexão e debate, momentos culturais e uma feira expositiva onde os representantes da organização devem interagir com os estudantes e corpo docente do Isri.

A 24 de outubro de 1945 entrou em vigor da Carta das Nações Unidas, com a ratificação do documento pela maioria dos seus signatários, incluindo os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança. Desse modo, a organização arrancou oficialmente as suas atividades.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031