Em Portugal, FAO quer promover fim do desperdício de alimentos

Ouvir /

Segundo representante da agência da ONU no país, população mais vulnerável continua a economizar na compra de comida; por outro lado, muitos alimentos em bom estado são deitados fora.

Desperdício de comida. Foto: FAO

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.* 

Na Semana Mundial de Alimentação, a decorrer até sexta-feira, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, quer promover o consumo sustentável em Portugal.

Segundo o representante da FAO no país, Hélder Muteia, a crise económica não deixou os portugueses em situação de insegurança alimentar. Entretanto, algumas parcelas da população procuram alimentos mais baratos para o consumo, como explicou à Rádio ONU a partir de Lisboa. 

Iniciativas

"Estejamos sempre a alertar para a possibilidade de haver comunidades vulneráveis que queiram economizar um pouco na carne, na fruta, nos legumes, enquanto prevalecer a crise. As autoridades portuguesas estão atentas a este fenómeno e há aqui não só iniciativas públicas mas também da sociedade civil para colmatar possíveis situações de maior carência nos grupos mais vulneráveis."

Por outro lado, Hélder Muteia alerta para o facto do desperdício de alimentos ser um problema que a FAO procura combater em Portugal. O representante destacou que o nível do desperdício em países desenvolvidos chega a ser até maior.

Práticas

"Os novos hábitos de consumo são muito propensos ao desperdício. E Portugal está preocupado com isto, está preocupado com adotar um plano de ação para colmatar os riscos de Portugal incorrer numa situação de excesso de desperdício. As pessoas devem adotar práticas e hábitos que previnem o desperdício. As pessoas interiorizaram muito os hábitos consumistas e têm a tendência, quase até espontânea, de jogar fora alimentos que podem ser utilizados."

Segundo a FAO, cerca de 1,3 mil milhão de toneladas de comida são desperdiçados por ano no mundo. Hélder Muteia ressalta a importância dos consumidores "adotarem uma nova atitude perante os alimentos".

Na quinta-feira, o escritório da FAO em Lisboa acolhe uma conferência para marcar o Dia Mundial da Alimentação.

*Apresentação: Denise Costa.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031