"É necessária atenção à biodiversidade nas discussões da agenda pós-2015"

Ouvir /

Afirmação é do secretário-executivo da Convenção sobre Diversidade Biológica, Bráulio Dias; termina nesta sexta-feira, em Pyeongchang, na Coreia do Sul, a 12ª Conferência das Partes da Convenção.

Bráulio Dias. Foto: ONU/Rick Bajornas

Laura Gelbert, da Rádio ONU, em Nova York.

Termina nesta sexta-feira, em Pyeongchang, na Coreia do Sul, a 12ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica.

Em entrevista à Rádio ONU, o secretário-executivo da Convenção, Bráulio Dias, falou de uma "agenda bastante ampla de temas". Ele participou no encontro que discutiu um conjunto importante de decisões que serão rotuladas de "Mapa do Caminho de Pyeongchang".

Desenvolvimento Sustentável

"São decisões em que os países concordaram em como aumentar os esforços de implementação dessas metas que ainda não alcançaram um nível adequado de implementação. E também, finalizando uma decisão importante sobre uma mensagem para a Assembleia Geral da ONU sobre a necessidade de uma atenção especial à biodiversidade nas discussões da agenda pós-2015, que inclui a definição final dos objetivos de desenvolvimento sustentável".

O secretário-executivo afirmou também que estão sendo aprovadas "uma série de decisões sobre biodiversidade marinha" e sendo finalizadas negociações sobre as "metas de mobilização de recursos financeiros".

Países lusófonos

Bráulio Dias falou ainda sobre a participação dos países de língua portuguesa na Confererência.

"Na conferência, nós estamos discutindo toda a agenda global e, claro, os países de língua portuguesa detém uma parcela importante da biodiversidade mundial. Eu estou feliz que todos eles estão bastante empenhados na implementação dos seus compromissos. Todos enfrentam desafios importantes e para isso é importante toda a cooperação internacional."

Protocolo de Nagoya

O secretário-executivo também falou sobre a ratificação do Protocolo de Nagoya, que trata de acesso a recursos genéticos. O documento entrou em vigor no dia 12 de outubro.

Em mensagem de vídeo para a Conferência, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que a biodiversidade é base para "saúde, riqueza e bem-estar". Ele destacou também o "papel fundamental na mitigação e adaptação às mudanças climáticas e redução de vulnerabilidade a desastres".

Relatório

Lançado na semana passada, o documento Panorama da Diversidade Global 4 afirma que ação “ousada e inovadora” seria necessária “urgentemente” para que os países alcancem as chamadas Metas de Aichi até 2020. Elas foram acordadas globalmente no Plano Estratégico para Biodiversidade.

O relatório mostra que houve progresso “significativo”, mas que em muitos casos é necessária uma ação adicional para o plano estratégico em rumo.

Leia mais:

Brasil é mencionado em relatório da ONU sobre biodiversidade

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031