Pnuma afirma que camada de ozônio está a caminho da recuperação

Ouvir /

Segundo agência da ONU, história de sucesso deve encorajar ação sobre clima; nova avaliação está em documento publicado pelo Pnuma e a OMM.

Foto: Banco Mundial/Curt Carnemark

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A camada de ozônio protetora da Terra está em caminho de recuperação graças a ação internacional contra substâncias prejudiciais.

Esta nova avaliação, feita por 300 cientistas, foi publicada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, e a Organização Mundial de Meteorologia, OMM.

Atual

Segundo o Pnuma esta é a primeira atualização abrangente em quatro anos. Em declaração a jornalistas na sede das Nações Unidas em Nova York, o diretor-executivo da agência, Achim Steiner, afirmou que o trabalho com substâncias prejudiciais à camada de ozônio é uma "história de sucesso de ação coletiva internacional".

Segundo Steiner, as principais descobertas do relatório mostram que o mundo evitou um "grande problema" ao se livrar de substâncias prejudiciais à camada de ozônio através do protocolo de Montreal".

Ele afirmou ainda que sem este protocolo e as ações adotadas, o mundo estaria vendo hoje uma destruição "substancial" da camada de ozônio.

Clima

A camada de ozônio protege a Terra de raios ultravioletas do sol. De acordo com o Pnuma, até 2030 o protocolo vai prevenir 2 milhões de casos de câncer de pele por ano, evitar danos aos olhos humanos e sistemas imunológicos, além de proteger a agricultura e a vida selvagem.

Steiner destacou a relação entre a camada de ozônio e as mudanças climáticas. Ele lembrou ainda a Conferência da ONU sobre o Clima que acontecerá na sede das Nações Unidas, no dia 23 de setembro.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031