ONU assume missão de estabilização na República Centro-Africana

Ouvir /

Nesta segunda-feira, autoridade de operação liderada pela União Africana é transferida para Minusca; secretário-geral da ONU saúda a medida.

Chegada de Hervé Ladsous à República Centro-Africana. Foto: ONU/Catianne Tijerina

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Esta segunda-feira marca a transferência de autoridade da missão da União Africana na República Centro-Africana, Misca, para a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do país, Minusca.

Neste dia, mais de 5 mil integrantes da operação africana passarão a fazer parte da força da ONU no local.

Autoridades

A presidente do país Catherine Samba-Panza participa da cerimônia. A ONU é representada pelo chefe das Operações de Paz, Hervé Ladsous, e pelo representante especial do secretário-geral no país, Babacar Gaye.

Ban Ki-moon saudou a transferência para a Minusca. Em nota, seu porta-voz declarou que esta medida marca a "conclusão bem sucedida" do mandato da missão liderada pela União Africana e o início da operação da Minusca.

O embaixador da União Africana junto as Nações Unidas, Téte António, falou à Rádio ONU sobre o início do mandato da missão da ONU.

"Já no nosso cenário que apresentamos às Nações Unidas previamos a entrada das Nações Unidas numa etapa posterior, que era preciso criar algumas condições de estabilização antes do desenvolvimento de uma operação de manutenção de paz, tendo em conta a natureza do mandato. Penso que a data chegou e nós tivemos muito envolvidos na negociação da resolução que levou à criação desta força e estamos todos de parabéns."

Operação

A partir desta segunda-feira, a missão da ONU contará com cerca de 6,5 mil soldados, mil policiais e equipa civil. A prioridade da Minusca será a proteção de civis e apoio ao processo político.

Em nota, o secretário-geral reiterou sua "grave preocupação" com ataques contínuos contra civis, especialmente fora da capital Bangui. Ban voltou a pedir que todos os lados coloquem um fim imediato à violência, em conformidade com o acordo para interrupção dos confrontos.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031