ONU alerta para agravamento dramático da situação de sírios a noroeste

Ouvir /

Cidade de Kobani, a principal da região regista cenário agravado pelos ataques do Estado Islâmico; mais de 100 aldeias foram capturadas e 138 mil sírios seguiram para a Turquia.

Refugiados sírios atravessam a fronteira do país com a Turquia. Foto: Acnur/I.Prickett

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Agências das Nações Unidas expressaram preocupação com o "agravamento dramático" da situação de sírios, principalmente dos curdos no noroeste do país. A razão são novas ações do movimento extremista Estado Islâmico, EI.

Estima-se que 105 aldeias foram capturadas e que o cenário piorou durante a última semana na cidade de Kobani, a principal da região.

Turquia

Desde o fim de semana, 138 mil sírios atravessaram a fronteira em direção à Turquia, indica o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur.

A preocupação da agência é com centenas de milhares de pessoas que continuam a viver com medo da perseguição perpetrada pelo grupo contra religiosos e minorias étnicas em outros locais.

O Acnur informou ainda que a maioria dos recém-chegados é composta por mulheres, crianças e idosos. Estes chegam exaustos depois de longa caminhada em condições difíceis.

Adolescentes

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, realça que os adolescentes são particularmente vulneráveis e carentes. Eles manifestam ira e frustração, que os torna mais suscetíveis a serem atraídos pelos grupos armados.

Um relatório lançado esta quarta-feira, em Nova Iorque, recomenda que sejam criadas oportunidades para evitar que estes sejam envolvidos na violência e no conflito sírio.

Apoio Psicológico

O estudo aponta para um aumento de acessos ao ensino formal e não-formal nos países vizinhos, que acolhem os refugiados sírios. O número subiu de 169,5 mil em 2013 para 489 mil este ano.

Mais de 770 mil crianças afetadas pela crise síria beneficiaram de alguma forma de educação e quase 660 mil crianças receberam apoio psicológico.

Entretanto, a iniciativa denominada "Sem Geração Perdida" precisa de US$ 885 milhões para financiar serviços de educação e de proteção à criança em 2014, tanto na Síria como nos países de acolhimento.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031