Conflito e época chuvosa limitam auxílio na República Centro-Africana

Ouvir /

PMA cita adiamento de entregas de comida com movimentos de homens armados e de milícias; balanço do trimestre indica aumento de 38% em incidentes ligados ao acesso.

Criança cenrto-africana recebe ajuda alimentar da agência. Foto: PMA

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

O Programa Mundial de Alimentação, PMA, afirmou que a República Centro-Africana enfrenta desafios de insegurança e de limitações logísticas devido à época chuvosa.

Nos últimos três meses, os incidentes relacionados com o acesso de auxílio aumentaram em 38% em todo o país. As atividades hostis ditaram o adiamento de várias ações de distribuição alimentar.

Risco 

A agência cita movimentos consideráveis de homens armados de e para a cidade de Bambari, a mais de 280 km a oeste da capital Bangui.  Nas regiões centro e norte também foram identificadas áreas de risco.

Há também rumores da atuação de um grupo de milícias, que provoca contra-ataques de outros elementos em Bambari.

A agência anunciou a entrega de alimentos a cerca de 400 mil pessoas em agosto.

Confrontos

No fim de janeiro passado, a capital centro-africana acolheu 300 mil deslocados somente cerca de 45 dias após o início de confrontos entre milícias rivais.

Em sete meses, a Organização Internacional para Migrações, OIM, informou um declínio do número para 67,5 mil pessoas na capital.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031