Ban: presidenciais afegãos têm de chegar a acordo sobre governo de união

Ouvir /

Em nota, secretário-geral da ONU pediu aos finalistas Abdullah Abdullah e Ashraf Ghani Ahmadzai que formem parceria genuína para enfrentar os vários desafios do país; segundo turno terminou em impasse.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral das Nações Unidas pediu aos dois candidatos à presidência do Afeganistão que concluam um acordo sobre a formação de um governo de união nacional.

A medida está prevista numa série de compromissos selados em 12 de julho pelos dois finalistas do segundo turno das eleições.

Momento Crítico

Ban Ki-moon apelou aos candidatos Abdullah Abdullah e Ashraf Ghani Ahmmadzai que formem uma parceria genuína para enfrentar os muitos desafios do Afeganistão. Segundo Ban, esse é um momento crítico para o país.

O segundo turno das eleições presidenciais terminou num impasse político.

Num acordo, intermediado pelo secretário de Estado americano, John Kerry, os dois candidatos afegãos se comprometeram a aceitar o resultado da auditoria e a formar um governo de união nacional.

O processo foi encerrado no último dia 4.

Com isso, o chefe das Nações Unidas espera agora que Abdullah Abdullah e Ashraf Ghani levem adiante o compromisso de permitir ao Afeganistão uma transição pacífica na transferência de poder político.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031