Ban Ki-moon diz que mais de 300 mil estão deslocados na Líbia

Ouvir /

Afirmação foi feita nesta quinta-feira durante reunião de alto nível na sede das Nações Unidas; ele disse que país está em "profunda crise".

Foto: Ocha/Jihan El Alaily

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU afirmou nesta quinta-feira que "mais de 300 mil pessoas" estão deslocadas na Líbia.

A afirmação foi feita durante reunião de alto nível sobre o país na sede das Nações Unidas.

Crise

Ban Ki-moon afirmou que a Líbia está em "profunda crise" e que nos "últimos meses houve violência sem precedentes entre grupos armados rivais".

O chefe da ONU declarou ainda que aeroportos, edifícios governamentais e outras infraestruturas vitais foram destruídas. Ele mencionou ainda escassez aguda de suprimentos médicos nos hospitais.

Ban afirmou que a crise também está a ameaçar a região e outras partes através do fluxo ilegal de armas e bolsões crescentes de extremismo.

Transição

O secretário-geral disse que o processo de transição política está enfrentando seu maior desafio desde a revolução. E falou que o país está cada vez mais dividido e destacou o aumento da violência.

Ban declarou que é preciso fazer o máximo para "reverter este curso e ajudar o povo da Líbia a salvaguardar sua transição democrática", e que tempo é essencial.

Ele defendeu o respeito à soberania nacional do país, e disse que terroristas não podem ter "um lugar à mesa".

Unsmil

Ban mencionou que a maioria das missões internacionais, incluindo a Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia, Unsmil, tiveram que temporariamente sair do país.

Ele defendeu um cessar-fogo completo e um acordo de paz. O secretário-geral se disse "encorajado" com a resposta positiva dos lados envolvidos à iniciativa do representante especial Bernardino León de facilitar um diálogo entre eles no dia 29 de setembro.

Ban lembrou que em julho de 2012 os líbios tiveram a primeira eleição democrática em mais de quatro décadas, e que apenas "através de unidade eles podem esperar construir um país que responda aos chamados por liberdade e homenageie àqueles que tanto sacrificaram".

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031