Ataque no Mali mata soldado de paz da ONU e deixa quatro feridos

Ouvir /

Em nota, secretário-geral lamentou morte do militar do Chade que resultou de um ataque a um veículo militar da Missão da ONU no país africano, Minusma.

Ban na sede da ONU, em agosto, em tributo a funcionários mortos em serviço. Foto: ONU/Mark Garten

 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas condenaram o assassinato de um soldado de paz neste domingo no Mali.

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, o secretário-geral Ban Ki-moon disse que estava "profundamente triste" com a morte do boina-azul do Chade.

Segundo ataque

Ele morreu durante um ataque a um veículo militar da Missão Multidimensional Integrada de Estabilização no Mali, Minusma.

O atentado, que deixou mais quatro boinas-azuis feridos, ocorreu na vizinhança de Aguelhok, na região de Kidal, na manhã deste domingo.

Ban Ki-moon lembrou que este ataque é o segundo contra as forças da ONU na região de Kidal somente neste mês. No último dia 2, quatro soldados de paz foram mortos e 14 ficaram feriados num atentado contra a Minusma.

Ban afirmou que os ataques não irão mudar a determinação da ONU de apoiar o povo do Mali na busca pela paz. Ele enviou ainda os pêsames à família do militar, ao governo e ao povo do Chade.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031