Agência da ONU já forneceu comida a mais de 800 mil pessoas no Iraque

Ouvir /

Segundo PMA, situação humanitária no país continua a piorar enquanto confrontos continuam; nesta segunda-feira, o secretário-geral da ONU saudou o anúncio da formação de um novo governo no país.

Foto: Acnur/E.Colt

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, já forneceu assistência alimentar a 838 mil pessoas no Iraque desde o aumento da violência em meados de junho.

O objetivo da agência é chegar a 1,2 milhão de indivíduos no país nos próximos meses.

Deslocados

No domingo passado, a Organização Internacional para Migrações, OIM, distribuiu mil kits de itens não-alimentares a deslocados na cidade de Amerli, que estava anteriormente sitiada. O comboio levou também ajuda humanitária fornecida pelo Unicef, PMA e Unfpa.

Segundo a OIM, na última semana, combatentes curdos iraquianos, milícias xiitas e Forças Armadas dos Estados Unidos se juntaram para recuperar a cidade de militantes do grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil.

A agência afirma que durante os primeiros oito meses deste ano, mais de 1,7 milhão de iraquianos foram deslocados em todo o país. Cerca de 50 por cento de todos os deslocados estão atualmente na região do Curdistão.

Governo

Nesta segunda-feira, o secretário-geral da ONU saudou o anúncio da formação de um novo governo inclusivo no Iraque. Ban Ki-moon também felicitou Haider al-Abadi por ter sido confirmado primeiro-ministro do país.

O chefe da ONU afirmou que neste momento "desafiador para o Iraque e a região", a decisão do Conselho de Representantes é um "passo positivo em direção à paz e estabilidade política" no país.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031