Acnur quer mais fundos para apoiar deslocados do conflito na Nigéria

Ouvir /

Agência prevê aumento do fluxo para os países vizinhos; motivo principal é o aumento da violência aliado à contínua ameaça nos arredores da cidade de Maiduguri, a nordeste do país.

Refugiados nigerianos. Foto: Acnur

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, prevê um aumento do fluxo de nigerianos para as nações vizinhas. O motivo é a escalada da violência no país, aliada à contínua ameaça nos arredores da cidade de Maiduguri.

Agências de notícias indicam que em áreas dos arredores do mais importante centro urbano do estado nordestino de Borno ocorrem combates entre os insurgentes Boko Haram e as forças governamentais.

Vizinhos

Estimativas indicam que os Camarões, o Chade e o Níger devem acolher mais de 95 mil pessoas até ao fim do ano. Trata-se de mais de 20 mil pessoas em relação à cifra atual.

O Acnur diz que a procura de alojamento em aldeias locais pelos deslocados pressiona de forma significativa às comunidades anfitriãs. Estas já enfrentam desafios como insegurança alimentar crónica, problemas ambientais e falta de serviços básicos.

O apelo do Acnur é que os países possam doar US$ 5,5 milhões para as atividades na Nigéria. O valor será adicionado aos US$ 34 milhões já solicitados para que a agência e outros 16 parceiros apoiem às pessoas que buscam refúgio além-fronteiras.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031