Unesco parabeniza primeira mulher a ganhar 'Nobel' da Matemática

Ouvir /

Iraniana Maryam Mirzakhani recebeu a Medalha Fields ao lado do brasileiro Artur Avila; diretora da agência da ONU diz ser um dia "importante para as mulheres e as ciências".

Maryam Mirzakhani. Foto: Unesco

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A diretora-geral da Unesco, a agência da ONU para Educação, Ciência e Cultura, divulgou uma nota parabenizando a professora Maryam Mirzakhani.

Natural do Irã, ela leciona na universidade americana de Stanford e é a primeira mulher a ganhar a Medalha Fields, conhecida como o 'Nobel' da Matemática. 

Brasileiro

O prêmio foi entregue esta quarta-feira em Seul, Coreia do Sul, para quatro matemáticos, incluindo o brasileiro Artur Avila. O carioca é o primeiro latino-americano a receber a distinção.

Para a chefe da Unesco, Irina Bokova, o fato de uma mulher ter recebido a Medalha Fields pela primeira vez torna o dia "importante para a matemática, as mulheres e as ciências".

Talentos

Bokova diz que o prêmio à Maryam Mirzakhani pode encorajar todas que buscam uma carreira na área, além de servir de lembrete para que os talentos das mulheres sejam reconhecidos em termos iguais aos dos homens.

Segundo a diretora da Unesco, do total de cientistas no mundo, menos de 30% são mulheres. Ela lamentou os estereótipos e a falta de apoio para meninas investirem em matemática e ciência durante a escola.

Bokova diz que a "exclusão de meninas e de mulheres significa uma enorme perta de talentos e limita o potencial intelectual coletivo". A diretora da Unesco explica que a situação afeta muito o campo da matemática, que serve de base para várias disciplinas e é indispensável no dia a dia de todos.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031