Unamid: "Violência contínua em Darfur representa desafio à população"

Ouvir /

Chefe da Missão conjunta da ONU-União Africana afirmou que ela representa também ameaça à segurança; conflito entre forças do governo e rebeldes na região desde 2003 causaram a morte de 300 mil pessoas.

Mohammed Ibn Chambas. Foto: ONU/Loey Felipe

Edgard Júnior, da Radio ONU em Nova York.

O chefe da Missão da ONU e da União Africana em Darfur, no Sudão, Mohammed Ibn Chambas, alertou que a "violência contínua na região representa um grande desafio à população civil, ao governo e às tropas de paz".

Falando a jornalistas na capital Cartum, Chambas disse que "atos de banditismo e criminalidade são também uma ameaça à segurança dos trabalhadores humanitários".

Confrontos Diretos

O representante da Unamid declarou que os confrontos diretos entre tropas do governo e rebeldes diminuiram desde março.

Chambas voltou recentemente de Nova Iorque onde fez um relato sobre a situação no país ao Conselho de Segurança. Ele falou sobre os esforços de mediação para facilitar as negociações entre o governo sudanês e os grupos armados.

O representante disse ainda que a ONU e a União Africana estão a organizar uma reunião preparatória que deve acontecer em breve.

A região de Darfur tem enfrentado problemas desde 2003. Os confrontos entre as tropas do governo e dos rebeldes já causaram a morte de aproximadamente 300 mil pessoas.

Segundo a Unamid, 3 milhões de pessoas estão deslocadas por causa da violência; 1,5 milhão vivem em 78 abrigos especiais espalhados pela região.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031