Secretário-geral da ONU pede fim de todos os testes nucleares

Ouvir /

Ban Ki-moon enviou mensagem para marcar o Dia Internacional contra Testes Nuclares; ele disse ter tido a oportunidade de conhecer "corajosos sobreviventes" destas armas e testes.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark Garten

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas marcam neste 29 de agosto o Dia Internacional contra Testes Nucleares.

A Assembleia Geral escolheu a data anual por causa do fechamento, neste dia, em 1991, de Semipalatinsk, uma das maiores áreas de teste do mundo, localizada no nordeste do Cazaquistão.

Sobreviventes

Em mensagem sobre a data, Ban Ki-moon disse ter tido a oportunidade de conhecer alguns dos "corajosos sobreviventes" de armas e testes nucleares em Hiroshima, Nagasaki, no Japão, e Semipalatinsk.

Ele afirmou que a determinação e dedicação dessas pessoas deve continuar a guiar o trabalho das Nações Unidas para um mundo sem armas nucleares.

Tratado

O chefe da ONU pede que todos olhem para as histórias destes sobreviventes e o fim dos testes nucleares.

Ele apelou especialmente aos cidadãos dos países que ainda não ratificaram o Tratado Abrangente de Proibição de Testes Nucleares, Ctbt, na sigla em inglês. Ban destacou os Estados cuja ratificação é necessária para que o acordo entre em vigor. Os países são China, Coreia do Norte, Egito, India, Irã, Israel, Paquistão e Estados Unidos.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031