Secretário-geral condena relato de violação de cessar-fogo pelo Hamas

Ouvir /

Ban Ki-moon disse que a ONU não tem como confirmar exatamente o que aconteceu; de acordo com informações, um soldado israelense foi levado cativo; cessar-fogo havia começado na manhã desta segunda-feira.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark Garten

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.*

O secretário-geral da ONU condenou com veemência relatos de violação pelo movimento islâmico Hamas do cessar-fogo acordado mutuamente e que começou às 8 horas manhã desta sexta-feira, horário local.

Em nota, ele disse estar "chocado e profundamente decepcionado" com estes acontecimentos.

Relatos

Ban mencionou que a ONU não tem meios independentes de verificar exatamente o que aconteceu.

De acordo com últimos relatos, dois soldados das Forças de Defesa de Israel foram mortos, e um terceiro levado cativo após o início da pausa humanitária. Segundo a nota, isto constituíria uma "grave violação" do cessar-fogo e uma que provavelmente terá sérias consequências para o povo de Gaza, de Israel e outras partes.

Credibilidade

O comunicado diz ainda que esses movimentos colocam em dúvida as garantias do Hamas para as Nações Unidas. O secretário-geral exige a libertação imediata e incondicional do soldado capturado.

Ban está "profundamente preocupado" com a retomada dos ataques israelenses em Gaza e a morte de mais palestinos nesta manhã. Em vez de dar aos dois lados, especialmente aos civis de Gaza, um intervalo "muito necessário" para que eles pudessem cuidar dos feridos, enterrar os mortos e reparar infraestrutura vital, esta quebra do cessar-fogo está levando a nova escalada.

O chefe da ONU apela aos dois lado que mostrem "máxima contenção" e retornem ao cessar-fogo humanitário de 72 horas acordado e que "tragicamente durou um breve período de tempo". Ele também pediu a todos com influência sobre os envolvidos que façam tudo para convencê-los de respeitar a pausa humanitária.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

Leia mais:

Ban e Kerry anunciam cessar-fogo de 72 horas na Faixa de Gaza

Após interrupção de cessar-fogo, coordenador da ONU pede compromisso

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 25 DE NOVEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 25 DE NOVEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930