Representante da ONU visita Ucrânia e pede fim da violência

Ouvir /

Subsecretária-geral das Nações Unidas para Assuntos Humanitários visitou o leste do país para ver o impacto dos confrontos; desde março deste ano, cerca de 200 mil pessoas saíram de suas casas em busca de segurança.

ONU/Paulo Filgueiras

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A subsecretária-geral das Nações Unidas para Assuntos Humanitários, Valerie Amos, visitou o leste da Ucrânia neste sábado para ver o impacto dos confrontos contínuos nas vidas de milhões de pessoas.

Segundo o Escritório da ONU para Coordenação Humanitária, Ocha, desde março deste ano, cerca de 200 mil pessoas fugiram de suas casas em busca de segurança dentro do país e dezenas de milhares fugiram para países vizinhos.

Deslocados

Amos visitou um centro de deslocados internos em Krasnyi Lyman e se encontrou com pessoas que fugiram dos combates com suas famílias. Segundo a representante da ONU, todos disseram que os confrontos devem acabar para que eles se sintam seguros de novo.

Ela também se reuniu com autoridades locais em Sloviansk. Até recentemente, a região estava tomada por conflitos. Amos elogiou o progresso feito para reparar danos à infraestrutura básica e a preparação para o inverno. Segundo o Ocha, a prioridade é que todas as crianças estejam na escola até primeiro de setembro.

Inverno 

Apesar dos desafios relacionados à segurança, a subsecretária-geral disse que a ONU está estudando maneiras de chegar às áreas mais difíceis do leste da Ucrânia.

Segundo Amos, com o inverno se aproximando, a assistência deve aumentar. Ela afirmou que "muitos deslocados já estão em situação vulnerável e que os abrigos temporários não vão suportar as temperaturas baixas".

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031