Pnud afirma que Angola cumpriu metade dos Objetivos do Milénio

Ouvir /

Assessora económica do Programa da ONU afirmou que a avaliação sobre o país é positiva; Fernanda Mendy explicou que índice de pobreza caiu de 68 por cento para 37 por cento e deve atingir a meta até final de 2015.

Bandeira de Angola

Matilde Rosa, de Luanda para a Radio ONU*.

A assessora económica do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em Angola, Pnud, Fernanda Mendy, fez a avaliação dos objetivos do milénio no país. Dos oito pontos, metade foram cumpridos.

Fernanda Mendy disse que a avaliação é positiva se se tiver em conta o longo período de instabilidade da guerra civil em Angola. 

Pobreza

"Dos oito objetivos traçados, mais da metade foram cumpridos, ou estão a ser cumpridos, e serão alcançados. Por exemplo, o primeiro objetivo que é a erradicação da pobreza, Angola conseguiu em menos de uma década baixar os indíces para metade. Em 2001 o nível da pobreza era de 68% e neste momento até 2008 a pobreza foi reduzida para 37%. A meta até 2015 é de 34%, portanto mais de metade foi alcançado."

Mendy disse ainda que o segundo objetivo que é o ensino primário universal, "observou-se que a taxa de frequência em 2001 que era de 38% foi superado e até ao período de referência, que é 2010, a taxa de frequência aumentou para 76%. Isso é um ganho enorme, referiu."

Igualdade de Género

O país obteve um avanço em relação à promoção da igualdade de género. Segundo a assessora do Pnud, o número de mulheres na Assembleia de Angola supera o de muitos dos países da subregião.

Fernanda Mendy citou também redução da mortalidade infantil, mas alertou que apesar da melhora do índice esse é um assunto junto com a saúde materna que precisa ser trabalhado. Segundo ela, os indicadores evoluíram mas não como era desejado.

"O combate à sida tem sido eficiente. O índice continua baixo se tivermos em conta o período de guerra em Angola".

Em termos de desenvolvimento humano, Fernanda Mendy, disse que há muito que fazer, porque Angola qualificou-se para pertencer ao grupo de países de rendimento médio.

*Com reportagem da Rádio Nacional de Angola. Apresentação: Denise Costa.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031