OMS detecta mais 128 casos de ébola entre 10 e 11 de agosto em África

Ouvir /

Último relatório da agência da ONU mostrou que mais 56 pessoas morreram neste período na Guiné-Conacri, Libéria, Nigéria e Serra Leoa; exército da Libéria colocou mais uma província em quarentena.

Mais casos registados. Foto: OMS/T. Jasarevic

Edgard Júnior, da Radio ONU em Nova York.*

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou esta quarta-feira que foram registados mais 128 casos de ébola e mais 56 mortes na África Ocidental entre 10 e 11 de agosto.

Segundo a OMS, os casos confirmados da doença na Guiné-Conacri, Libéria, Nigéria e Serra Leoa subiram para 1975 e os de morte aumentaram para 1069.

Quarentena

Serra Leoa registou as maiores ocorrências, com 783, e a Libéria lidera no número de mortos, 377.

Na Libéria, o exército colocou em quarentena mais uma província do país, a terceira, como parte dos esforços para evitar a transmissão do vírus para outras regiões.

Nesta segunda-feira, um painel de especialistas da agência da ONU decidiu ser ético o uso de medicamentos experimentais para tratar os doentes.

Normas

Mas este processo, segundo eles, deve incluir algumas normas como, por exemplo, transparência sobre o tratamento, autorização dos doentes ou familiares e confidencialidade.

A OMS está a finalizar um plano de resposta de operações estratégicas e deve compartilhar o documento com os países da região nos próximos dias.

Até o momento, a organização não recomenda qualquer restrição de viagem ou de comércio exceto em casos de pessoas infectadas com o vírus ébola ou que tiveram contado com doentes.

*Apresentação: Denise Costa.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031