Nações Unidas prontas para ajudar China após terremoto

Ouvir /

Secretário-geral declara estar "triste" com perdas de vidas e danos a casas e infraestruturas no sul do país; segundo agências de notícias, desastre natural no domingo matou quase 400 pessoas.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Devra Berkowitz

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral declarou estar "triste com a perda de vidas e os danos causados a casas e infraestrutura" no sudeste da China, após o terremoto ocorrido no domingo na província de Yunnan.

Na nota divulgada pelo seu porta-voz, Ban Ki-moon envia condolências ao governo chinês e às famílias das vítimas e dos afetados pelo desastre natural.

Apoio

Segundo Ban, as Nações Unidas estão prontas para prestar assistência nos trabalhos de ajuda humanitária e para mobilizar qualquer apoio internacional necessário.

Agências de notícias falam em quase 400 mortes e 1,8 mil feridos após o terremoto de 6.1 graus na escala Richter. Milhares de casas foram destruídas ou danificadas. O governo chinês teria enviado 2,5 mil soldados para a região afetada para ajudar nos resgates.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031