Estudante moçambicana fala sobre encontro com Ban após visita a gabinete

Ouvir /

Raquelina Langa está na sede da ONU como convidada especial do secretário-geral para comemorar o Dia Internacional da Juventude; Ban conheceu a estudante durante visita oficial ao país africano em 2013.

Ban Ki-moon e Raquelina Langa. Foto: ONU/Mark Garten

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York*.

As Nações Unidas comemoram nesta terça-feira o Dia Internacional da Juventude. Jovens de várias partes do mundo estão reunidos na sede da Organização para uma série de atividades.

Para marcar a data, o secretário-geral convidou uma estudante moçambicana de 19 anos para conhecer a sede da ONU em Nova York. Em seu discurso, Ban lembrou o encontro na Escola Secundária Mateus Sansão Muthemba.

Meninas

Ban Ki-moon disse que conheceu Raquelina Langa no ano passado durante uma visita ofical a Maputo, capital de Moçambique. Lá, o chefe da ONU esteve na escola secundária onde a jovem cursa o 10º ano.

O secretário-geral contou que quando visitou a escola, naquele dia, Raquelina fez uma pergunta para a qual ele não estava preparado: se uma menina como ela poderia um dia ser chefe das Nações Unidas.

Ban mencionou, então, que decidiu convidá-la para conhecer a ONU. Ele disse também que gostaria de encorajar meninas e mulheres que têm grandes sonhos.

Estudante

A estudante falou com exclusividade à Rádio ONU logo após o encontro com secretário-geral em seu gabinete na sede das Nações Unidas em Nova York.

"Eu no início fiquei um pouco medrosa, e quase não falava de tanto o coração bater. Mas acabei me abrindo e a conversa foi muito boa(…) foi muito impressionante, foi muito bom mesmo."

Raquelina conheceu de perto um pouco da rotina da organização e participou de um encontro com jovens de diversas partes do mundo.

Saúde Mental

O Dia Internacional da Juventude este ano tem como tema a Saúde Mental. Em mensagem sobre a data, Ban pede apoio aos jovens com problemas de saúde mental, para que consigam realizar todo o seu potencial.

Segundo o secretário-geral da ONU, uma nova publicação da organização mostra que, por ano, 20% dos jovens de todo o mundo passam por algum problema de saúde mental. Os riscos são maiores durante a transição da adolescência para a vida adulta. Ban Ki-moon destaca o estigma e a vergonha como parte do problema, fazendo com que os jovens evitem procurar ajuda.

*Apresentação: Edgard Júnior.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031