Conselho de Segurança visita o Sudão do Sul na tentativa de solucionar conflito

Ouvir /

Os 15 membros do órgão chegaram ao país esta terça-feira; viagem inclui encontro com presidente Salva Kiir, representantes de agências humanitárias e da sociedade civil.

Delegação reunida no Sudão do Sul. Foto: ONU/JC McIlwaine

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Representantes do 15 países-membros do Conselho de Segurança chegaram ao Sudão do Sul esta terça-feira, em uma tentativa de acabar com a violência que assola o país desde dezembro passado.

A visita oficial inclui um encontro com o presidente Salva Kiir e seu vice, Wani Igga, além de representantes da sociedade civil e de várias agências humanitárias.

Catástrofe

Os integrantes do Conselho de Segurança devem visitar sítios de protecção dos civis, que abrigam milhares de sul-sudaneses que fugiram dos conflitos. Segundo a ONU, 1,5 milhão de pessoas ficaram desalojadas desde os confrontos de dezembro.

A onda de violência iniciou-se após o impasse político entre o presidente Salva Kiir e o antigo vice-presidente, Riek Machar. O conflito também levou 100 mil civis a buscar refúgio nas bases da ONU.

Preocupação

Ao final da visita, na quarta-feira, os membros do Conselho devem falar com a imprensa local na capital da nação, Juba.

Na passada sexta-feira, o Conselho emitiu um comunicado expressando preocupação com a deteriorização da situação política e de seguraça, assim como a castástrofe humanitária em desenvolvimento no Sudão do Sul.

O órgão disse que estava preparado para considerar "todas as medidas apropriadas, incluindo sanções contras aqueles que enfraquecem a paz, estabilidade e segurança" do país. 

*Apresentação: Leda Letra.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031