Conflito impede volta às aulas em Gaza, diz Unesco

Ouvir /

Agência da ONU afirma que quase 500 mil crianças foram afetadas pelos combates; desde o início do conflito pelo menos 219 escolas foram danificadas; Unesco defende apoio psicólogico para crianças traumatizadas.

Crianças na escola em Gaza. Foto: Unesco/Shareef Sarhan

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Segundo a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, a volta às aulas de quase 500 mil crianças em Gaza foi afetada por causa do conflito entre israelenses e palestinos.

A agência da ONU informou que o retorno de 1 milhão de alunos era esperado para o domingo, 24 de agosto, mas metade deste grupo terá que ficar em casa.

Escolas

De acordo com a agência, desde o início do conflito em 8 de julho, pelo menos 219 escolas foram danificadas, 22 de forma tão severa que não podem mais funcionar.

Entre as que ainda estão de pé, 103 foram transformadas em abrigos coletivos para cerca de 330 mil deslocados, metade deles crianças.

A Unesco mencionou que o setor de educação já estava em crise antes da escalada do conflito, sofrendo com escassez de quase 200 escolas.

Investimento

June Kunugi, representante especial do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, nos Territórios Palestinos afirmou que "investir em educação é investir em paz e estabilidade".

De acordo com estimativas, o ano letivo não vai ser retomado até que haja um cessar-fogo duradouro de pelo menos duas ou três semanas.

A Unesco disse que estudantes devem ter a chance de se curar do trauma de ter perdido entes queridos e das pressões de ataques e deslocamento diários. A agência defendeu que apoio psicológico seja incluído no currículo escolar.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031