Comboio humanitário do PMA leva alimentos a Gaza por fronteira com Egito

Ouvir /

Esta é a primeira vez que agência usa a passagem desde 2007; carregamento leva comida suficiente para cerca de 150 mil pessoas por cinco dias.

Entrega de alimentos em Gaza. Foto: PMA/Ayman Shublaq

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Pela primeira vez desde 2007, um comboio humanitário do Programa Mundial de Alimentos, PMA, atravessou do Egito para a Faixa de Gaza nesta quarta-feira.

O comboio de 18 caminhões continha comida suficiente para cerca de 150 mil pessoas por cinco dias.

Passagem

Depois de uma viagem de sete horas pela península do Sinai, o carregamento do PMA chegou à passagem de Rafah. Um segundo comboio está sendo esperado para os próximos dias. Esta é a primeira vez que a agência usou esta passagem desde o início do bloqueio a Gaza em 2007.

O diretor regional do PMA para o Oriente Médio, Norte da África, Ásia Central e Leste da Europa, Mohamed Diab, disse que é "extremamente importante ter acesso à Faixa de Gaza por diferentes rotas, incluindo a passagem de Rafah".

Segundo ele, o objetivo é "garantir o fluxo constante de suprimentos de emergência para responder às crescentes necessidades das pessoas afetadas pela violência recente".

Diab agradeceu ao governo do Egito por abrir a passagem de Rafah e permitir que a agência adquirisse alimentos no país.

Emergência

Desde o começo do conflito no início de julho, o PMA tem fornecido ajuda emergencial diária para até 350 mil deslocados em Gaza e alcançou mais de 120 mil com vouchers de emergência.

Segundo a agência, ela precisa de cerca de US$ 70 milhões, em torno de R$ 158 milhões, para sua resposta humanitária em Gaza por um período de três meses.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 18 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 18 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031