Com cessar-fogo, Ban apela ao fim completo da violência em Gaza

Ouvir /

Trégua entre israelenses e palestinos começou a meia-noite, hora local; 425 mil pessoas estão abrigadas em prédios da ONU ou do governo; quase 12 mil casas foram destruídas no conflito.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark Garten

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral das Nações Unidas elogiou o anúncio de um cessar-fogo de 72 horas entre israelenses e palestinos. A trégua humanitária começou a 00:01 desta segunda-feira, hora local em Gaza.

Mas Ban Ki-moon apela aos lados em conflito para evitar qualquer ação que resulte no retorno da violência. Segundo agências de notícias, negociações para uma solução a longo prazo teriam começado esta segunda-feira no Egito, com a participação de negociadores de Israel e da Palestina.

Reconstrução

Numa nota divulgada pelo seu porta-voz na noite de domingo, Ban expressou "esperança profunda" de que o cessar-fogo forneça outra chance para um acordo de trégua duradoura, que beneficie todos os civis.

O secretário-geral destaca que as Nações Unidas continuam prontas para ajudar na implementação de um acordo para consolidar a paz e permitir "a tão necessária reconstrução e o desenvolvimento de Gaza".

Mortes

O coordenador especial da ONU para o Processo de Paz no Oriente Médio, Robert Serry, esteve no Cairo trabalhando no apoio aos esforços do Egito para por um fim aos confrontos.

Dados citados pelo Escritório da ONU para Coordenação de Assistência Humanitária, Ocha, destacam a morte de mais de 1,9 mil palestinos, a maioria civis, e de 67 israelenses.

Casas

Já são mais de 425 mil pessoas buscando abrigo em prédios da ONU em Gaza ou do governo, e também hospedados com famílias. Quase 12 mil casas foram destruídas ou severamente danificadas pelos ataques e outras 36 mil sofreram danos, segundo o Ocha.

A ONU calcula que a reconstrução dessas casas possa custar US$ 410 milhões, ou R$ 930 milhões. Segundo a Agência da ONU de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, a verba é necessária para remover entulho, reparar, reconstruir, fornecer subsídio de aluguel às famílias afetadas e garantir apoio psicológico, de saúde, além de comida e educação.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031