Boinas azuis da ONU foram detidos por grupo armado no Golã

Ouvir /

Força Observadora de Desengajamento das Nações Unidas informou que 43 militares foram detidos perto de Al Qunaytirah; no ano passado soldados da Undof também foram presos por homens armados na região e depois liberados.

Foto: ONU/Wolfgang Grebien

Edgard Júnior, da Radio ONU em Nova York.

A ONU informou que 43 boinas azuis da Força Observadora de Desengajamento das Nações Unidas, Undof, foram detidos por homens armados não identificados no Golã.

A ação aconteceu na manhã desta quinta-feira durante o aumento dos confrontos entre as forças armadas sírias e grupos armados na zona de separação entre Israel e Síria.

Esforço

Além disso, outros 81 boinas azuis da Undof estão com suas operações restritas em duas regiões, Ar Ruwayhinah e Burayqah.

A ONU declarou que está fazendo todo o esforço possível para conseguir a liberação segura dos militares detidos e para restaurar a liberdade de movimento de seus soldados por toda a região.

Em março e maio do ano passado, boinas azuis da Undof também foram detidos na mesma área por homens armados e liberados depois de alguns dias.

Acordo

A Força Observadora da ONU monitora desde 1974 o acordo de desocupação firmado entre Síria e Israel depois da guerra entre os dois países.

Em junho, o Conselho de Segurança estendeu o mandato da Missão por mais seis meses, até 31 de dezembro de 2014.

Neste momento, a Undof tem uma força de 1223 soldados de seis países ajudando no patrulhamento da área. Eles são de Fiji, Filipinas, Holanda, Índia, Irlanda e Nepal.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031