ONU pede inquérito sobre ataque que matou 15 pessoas no Afeganistão

Ouvir /

Em nota, vice-chefe da Missão no país, Unama, disse que as mortes são profundamente chocantes, uma vez que afegãos se preparam para comemorar o fim do ramadã com suas famílias.

Nicholas Haysom condenou ataque. Foto: Unama

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Missão das Nações Unidas no Afeganistão, Unama, condenou um ataque que matou 15 pessoas em Ghor, no oeste do país.
Em nota, o vice-chefe da Unama, Nicholas Haysom, pediu a abertura imediata de um inquérito para apurar o ataque, ocorrido na sexta-feira.

Mulheres

Segundo agências de notícias, as vítimas, todas civis, foram assassinadas à queima roupa por homens armados. Elas estavam em dois ônibus que foram obrigados a parar na estrada.

Os autores do ataque mandaram todos os passageiros descer do veículo e formarem uma fila, antes de começarem a atirar. Entre os mortos, estão três mulheres.

Haysom afirmou que a morte dos civis em Ghor é profundamente chocante, especialmente quando os afegãos se preparam para comemorar o fim do ramadã, o mês de jejum para os muçulmanos.

Ele lembrou que a data do Eid-al-Fitr deveria ser uma ocasião para que os afegãos pudessem celebrar em paz. Para o vice-chefe da Unama, ataques como esse devem acabar imediatamente.

Agências de notícias informaram que as vítimas eram da minoria hazara que tem sido alvejada por militantes do movimento islâmico talebã nos últimos anos.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE SETEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 22 DE SETEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930