ONU doa US$ 1,4 milhão para vacinar crianças contra o sarampo na Somália

Ouvir /

Organização estima que milhares de estão em risco de invalidez e morte; em 2014, país registou mais do que o dobro dos casos verificados no mesmo período do ano passado.

Crianças na Somália. Foto: Ocha

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas concederam US$ 1,4 milhão para uma campanha de emergência com vista ao combate do surto de sarampo na Somália. 

O valor anunciado pelo Fundo Central de Resposta de Emergência, Cerf, é atribuído uma altura em que a ONU fala de milhares de crianças em risco de invalidez e morte devido à doença no país do Corno de África.

Áreas Afetadas

Pretende-se que meio milhão de crianças menores de cinco anos sejam imunizadas nas áreas de Banadir, Baixo Juba e Puntlândia, as mais afetadas pela doença altamente contagiosa.

Este ano, foram notificados cerca de 4 mil casos suspeitos, equivalentes a mais do que o dobro dos registos do mesmo período do ano passado. Três quartos dos pacientes são crianças com menos de cinco anos.

Serviços

De acordo com a ONU, o sarampo é uma das principais causas de morte de crianças na Somália, numa situação agravada pela falta de serviços de saúde.

O país tem mais de 850 mil pessoas a precisar de ajuda urgente, além dos mais de 2 milhões de carentes para atender às suas necessidades alimentares básicas.

Durante o processo de transição na sequência de décadas de conflito, as autoridades somalis tentam abordar a seca, a insegurança alimentar crónica e os deslocamentos.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, devem usar os fundos para apoiar atividades de imunização e medidas preventivas para conter o vírus.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031