OMS ressalta sucesso europeu na luta contra transmissão vertical da sida

Ouvir /

Europa teve redução de 10% nos casos de infecção do HIV de mãe para filho; transmissão vertical foi confirmada em apenas 1% de novos casos nos países do bloco.

Foto: OMS

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

A redução da transmissão vertical da sida é apontada pela Organização Mundial da Saúde, OMS, como um dos grandes sucessos da Europa na luta contra o vírus.

A transmissão do HIV da mãe para o filho ocorre quando uma seropositiva passa o vírus à criança na gravidez, na hora do parto ou durante a amamentação.

Novos Casos

Sem nenhum tipo de intervenção, o índice de transmissão vertical é de 15% a 45%. Mas na Europa, representou apenas 1% dos novos casos de sida registados em 2012.

A OMS destaca que desde então, a redução foi de 10% nos países do bloco, graças a baixas da Europa Ocidental. Cerca de 75% das crianças infectadas são das nações do leste europeu.

Tratamento

A agência da ONU afirma que a Europa tem a maior cobertura global de terapia antirretroviral, disponível a 95% das grávidas. Testes de HIV e aconselhamento foram feitos em 70% das mulheres que esperavam um filho.

A OMS apoia os países membros da Europa em eliminar a transmissão vertical, com a promoção do uso de medicamentos antirretrovirais e a monitorar progressos nos países.

Em 2011, o comité regional da agência adotou o Plano de Ação Europeu para HIV/Sida. Ainda este ano, espera-se que a direção regional da OMS apresente um relatório sobre progressos alcançados e desafios seguintes  na luta contra o vírus.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031