No Egito, Ban Ki-moon afirma estar "irritado" e pede fim de assassinatos

Ouvir /

Chefe da ONU encontrou-se com o secretário de Estado americano, John Kerry e reforçou que ataque contra escola em Gaza "é inaceitável"; ele diz que israelenses e palestinos devem ser responsáveis por seu próprio povo.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Devra Berkowitz

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O secretário-geral da ONU chegou a Cairo, no Egito e conversou com a imprensa após encontrar-se com o secretário de Estado americano, John Kerry, na noite desta quinta-feira, hora local.

Ban Ki-moon voltou a condenar o ataque contra uma escola das Nações Unidas em Gaza e disse que a ação é "totalmente inaceitável". Ele lembrou que o conflito entre israelenses e palestinos completa 17 dias na sexta-feira.

Nos últimos dias, Ban e Kerry tiveram encontros com vários líderes mundiais e segundo ele, os dois estão "trabalhando de forma incansável" para colocar fim a uma solução que o secretário-geral considera ser "intolerável".

Moral

Ban Ki-moon enviou uma mensagem a israelenses, palestinos e integrantes do Hamas, ao afirmar ser "moralmente errado matar seu próprio povo".

O secretário-geral da ONU lembrou que o mundo todo acompanha a situação com muita preocupação e pediu fim do conflito e início do diálogo.

Ban questionou porque os lados envolvidos continuam matando seu próprio povo e lembrou que existem outras maneiras de resolver a questão, sem ser com mortes.

Responsabilidade 

No Egito, o chefe da ONU afirmou estar "irritado" com o que isralenses, palestinos e o Hamas estão fazendo. Ban Ki-moon reconhece que os três lados têm seus problemas e causas.

Ele elogiou os esforços de John Kerry, que está tentando ajudar a resolver a questão há nove meses. Para Ban, agora é o momento de dialogar e ele fez novo apelo ao fim da violência.

O secretário-geral afirmou que as partes em conflito "deveriam ser responsáveis pela população, pela história e pelos direitos humanos". Ban disse que uma ação precisa ser tomada de imediato.

Várias pessoas morreram no ataque contra a escola das Nações Unidas em Gaza, ocorrido nesta quinta-feira.

Leia também:

Ban condena bombardeio de escola das Nações Unidas em Gaza

 

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE DEZEMBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 24 DE DEZEMBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031