Haiti lança campanha de vacinação contra o cólera com ajuda da OMS

Ouvir /

Objetivo é imunizar 200 mil pessoas em três distritos do país; vacinas foram financiadas pelo Fundo Central da ONU de Resposta de Emergência, e entregues pelo secretário-geral Ban Ki-moon.

Ban Ki-moon e as doses de vacina que chegaram ao Haiti na semana passada (foto de 15 de julho). Foto: ONU/Paulo Filgueiras

Michelle Alves de Lima, da Rádio ONU em Nova York.

O Haiti deve iniciar já no próximo mês uma campanha de vacinação contra o cólera. A iniciativa tem o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, e da Organização Mundial da Saúde, OMS. Foram escolhidos três distritos do país: Artibonite, Central e Oeste.

As regiões são consideradas pelo Ministério da Saúde Pública e da População do Haiti como "zonas de alto risco".

Prioridade

Apesar de o número de casos registrados no primeiro semestre deste ano ter sido bem menor do que no mesmo período em 2013 – foram 6,730 ocorrências em 2014 contra 26 mil no ano passado –, a prevenção do cólera ainda é prioridade para o país, de acordo com o representante da Opas e da OMS no Haiti, Jean-Luc Poncelet.

Segundo Poncelet, a vacinação é apenas uma de várias medidas que estão sendo implementadas pelas autoridades de saúde haitianas com o apoio da Opas, da OMS, e de parceiros internacionais. Outras ações incluem o rápido tratamento para vítimas da doença e a melhoria do acesso à água potável e a um saneamento adequado.

Desde 2010, mais de 703 mil haitianos já contraíram a doença, e deste número, 8,562 morreram.

Estoque global

As 400 mil doses de vacina oral que serão administradas em agosto chegaram ao Haiti na semana passada. Elas foram apresentadas ao ministro da Saúde, Florence Guillaume, pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que esteve no país para lançar uma campanha de saneamento básico.

Os medicamentos pertencem ao estoque global criado pela Assembleia Mundial da Saúde, e foram financiados pelo Fundo Central da ONU de Resposta de Emergência, Cerf. Além do Haiti, países como a República Democrática do Congo, Sudão do Sul, Guiné-Conacri e Etiópia também já receberam vacinas para combater o cólera.

Leia mais:

Secretário-geral visita Haiti para promover saúde e combate à pobreza

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031