Enviado alerta para mais ameaças do Boko Haram à Nigéria

Ouvir /

Desafios em África Ocidental são ressaltados por Said Djinnit em encontro no Conselho de Segurança; representante preocupado com potencial do crime organizado em recrutar jovens desempregados.

Said Djinnit Foto: ONU/Loey Felipe

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O representante especial do secretário-geral na África Ocidental fez um alerta esta terça-feira sobre o aumento das ameaças do grupo Boko Haram impostas à Nigéria.

Said Djinnit falava ao Conselho de Segurança, num encontro sobre o Escritório da ONU na África Ocidental, Unowa. O chefe do escritório destacou a necessidade de sensibilizar líderes regionais para esforços decisivos em prol da segurança e estabilidade local.

Estratégias

Um tema de grande preocupação, segundo Djinnit, é o recrutamento de jovens desempregados por parte de redes do crime organizado. Para o representante, é essencial que os países de África Ocidental estabeleçam estratégias para tratar essa ameaça, que põe em risco a estabilidade do Saara e do Sahel.

Ao Conselho de Segurança, Djinnit afirmou que esses esforços devem receber o forte apoio da comunidade internacional e das Nações Unidas. Conforme ressaltou, 2015 será um ano crucial para a democracia, com eleições em Burkina Faso, Côte d'Ivoire, Guiné-Conacri, Níger e Nigéria.

Ébola

Além dos desafios citados, Said Djinnit falou sobre a epidemia causada pelo vírus ébola. O surto foi identificado em fevereiro na Guiné, tendo se espalhado com rapidez para Libéria e Serra Leoa.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS, 759 pessoas foram infectadas, com 467 mortes causadas pelo ébola. O representante pede atenção da comunidade internacional nos esforços para conter a epidemia.

Sobre a Nigéria, o enviado diz que a situação continua a ser motivo de grande preocupação e lembrou que o grupo de raparigas estudantes sequestadas em abril pelo Boko Haram continua em cativeiro.

Nas últimas duas semanas, foram 18 ataques atribuídos à milícia, resultando na morte de civis inocentes, acrescentou Djinnit. Com o aumento da insegurança e das tensões políticas, o representante diz que a Nigéria precisa muito do apoio do Conselho de Segurança na tentativa de preservar a estabilidade.

*Apresentação: Denise Costa.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031