Economia do Reino Unido está se recuperando fortemente, diz FMI

Ouvir /

Crescimento esperado para 2014 é de 3,2%, mais do que em 2013; consumo e investimento seriam as principais razões; expectativa é que a inflação continue baixa.

Foto: Banco Mundial/Jonathan Ernst

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York*

A projeção de crescimento da economia do Reino Unido é de 3,2%, em comparação a um aumento de 1,7% em 2013. Os dados são do Fundo Monetário Internacional, FMI.

De acordo com a avaliação do órgão, o forte avanço está gerando a criação de postos de trabalho, e a inflação deve permanecer baixa.

Consumo

Em entrevista para a revista online IMF Survey, o vice-diretor do Departamento Europeu do Fundo e chefe da seção para o Reino Unido, Philip Gerson, contou que o consumo e investimento são os principais fatores do rápido crescimento neste ano.

Segundo o especialista, a performance econômica recente do Reino Unido tem sido "forte de forma surpreendente" e o crescimento parece ser "cada vez mais amplo". Ele disse ainda estar "muito mais otimista agora do que há um ano", tanto com o ritmo atual de recuperação, como com as perspectivas para um progresso futuro.

Riscos

Gerson afirma, no entanto, que apesar do panorama geral ser positivo, alguns "riscos domésticos e externos permanecem".

Entre os riscos domésticos, ele incluiu "incertezas sobre o futuro cresimento da produtividade e o potencial para os riscos financeiros decorrentes do mercado imobiliário".

Os externos seriam o "desenrolar de políticas monetárias não convencionais nos Estados Unidos, o crescimento mais fraco do que o esperado em economias emergentes e avançadas e o aumento das tensões geopolíticas".

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE OUTUBRO DE 2014
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 21 DE OUTUBRO DE 2014
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031