Coordenador da ONU condena assassinato de adolescente palestino

Ouvir /

Robert Serry emitiu nota afirmando que não existe justificativa para a morte deliberada de civis; menino de 17 anos foi visto pela última vez aparentemente sendo forçado a entrar num carro, em Jerusalém.

Robert Serry Foto: ONU/Devra Berkowitz

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O coordenador das Nações Unidas para o Oriente Médio condenou o assassinato de um adolescente palestino em Jerusalém.

Em nota, Robert Serry lembrou a mensagem do chefe da ONU, Ban Ki-moon, "de que não existe nenhuma justificativa para a morte deliberada de civis."

Marcas de Tiros

Segundo agências de notícias, Mohammed Abu Khdair, de 17 anos, foi visto pela última vez, aparentemente sendo forçado a entrar num carro.

O assassinato do palestino ocorre um dia após o enterro de três meninos israelenses que haviam sido sequestrados na cidade de Hebrom, na Cisjordânia, há 15 dias. Os corpos dos três adolescentes foram encontrados na segunda-feira num matagal com marcas de tiros.

O coordenador da ONU disse esperar que os autores destes crimes hediondos sejam levados à justiça. Ele voltou a pedir a todos os lados que mantenham a calma e não aumentem a tensão.

Ainda de acordo com agências de notícias, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, também condenou o assassinato que classificou de "desprezível". Ele ordenou a polícia a encontrar os autores do crime e pediu à população que não tente fazer justiça com as próprias mãos.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031