Conselho de Segurança elogia cessar-fogo na República Centro-Africana

Ouvir /

Acordo entre grupos armados foi assinado durante fórum em Brazzaville; órgão pede que tratado seja implementado de forma imediata e defende a preservação da integridade territorial do país.

Missão da ONU na República Centro-Africana. Foto: Minusca/Catianne Tijerina

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

Os membros do Conselho de Segurança elogiaram a assinatura de um acordo para cessar as hostilidades e a violência entre grupos armados na República Centro-Africana.

O entendimento foi firmado durante um fórum em Brazzaville, no Congo, a 23 de julho. Os integrantes do Conselho pediram que o acordo seja implementado de forma "completar e imediata".

Processo Político

O órgão destacou que este tratado é um "primeiro-passo num processo político mais amplo de garantir paz duradoira, respeito aos direitos humanos, proteção dos civis e Estado de Direito".

Foi ressaltada ainda a necessidade de se tratar das causas do conflito "com um diálogo político completo e inclusivo e um processo de reconciliação nacional". Neste sentido, o Conselho realçou a importância se "preservar a unidade e integridade territorial da RCA".

Eleições

O órgão defendeu ainda a realização de eleições presidenciais e legislativas "livres, justas e transparentes, com a participação das mulheres, dos deslocados internos e dos refugiados do país".

Os membros do Conselho de Segurança reiteraram seu apreço pela "ações decisivas" das tropas da União Africana, França e União Europeia na implementação de seus mandatos para proteger os civis centro-africanos.

Foi afirmado ainda que em 15 de setembro, a autoridade da Missão da ONU na República Centro-Africana, Misca, será transferida para a Missão Integrada de Estabilização das Nações Unidas na República Centro-Africana, Minusca.

O Conselho encorajou o Secretariado das Nações Unidas a "fazer o que for necessário" para garantir que a mudança "se traduza em um aumento da presença militar internacional no país para implementar as tarefas prioritárias do seu mandato", como definidas na resolução 2149 do Conselho de Segurança.

*Apresentação: Leda Letra.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031