Agência para refugiados alerta para risco de fome no campo de Yarmouk

Ouvir /

Em nota, porta-voz da Unrwa disse que a última entrega de comida foi feita em 23 de maio; antes do início do conflito em 2011, cerca de 160 mil palestinos viviam no acampamento, localizado nos arredores de Damasco.

Criança no acampamento de Yarmouk. Foto: Unrwa/Rami Al Sayyed

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência das Nações Unidas de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, alertou para o risco de fome no acampamento de Yarmouk, na Síria.

Em nota, emitida do domingo, o porta-voz da Unrwa, Chris Gunness, disse que a última entrega de alimentos no local ocorreu em 23 de maio. Outros itens de ajuda, como kits de higiene foram distribuídos há exatamente um mês.

Grupos Armados

No início do conflito sírio em março de 2011, cerca de 160 mil palestinos viviam no acampamento de Yarmouk, nos arredores de Damasco.  Mas por causa da violência pelo menos 140 mil deixaram o campo.

A Unrwa está tentando agora alcançar mais de 18 mil pessoas no local após relatos de um cessar-fogo, declarado em 21 de junho por autoridades sírias e grupos armados.

E nesta segunda-feira, o Conselho de Segurança está realizando uma reunião, a portas fechadas, para debater a situação da violência na Síria.

A coordenadora especial da Missão Conjunta da ONU e da Opaq, que supervisiona a retirada da armas químicas do país está participando do encontro por vídeoconferência.

Sigrid Kaag apresenta ao Conselho de Segurança o novo relatório mensal sobre o processo de retirada dos armamentos.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031